Área de sócio Chamada para rede fixa nacional (+351) 213 841 580

O projeto PAD4YOUTH culmina com o Campeonato Espanhol de Padel FEDDI

27 Maio 2024

Entre os dias 12 e 14 de Abril, decorreu a quinta reunião transnacional do projeto PAD4YOUTH, enquadrado no programa Erasmus+ financiado pela Comissão Europeia. Foi realizado em conjunto com o Campeonato Espanhol de Paddle da FEDDI para pessoas com deficiência intelectual, com o objetivo de pôr em prática o que foi aprendido no projeto.

O local foi o centro desportivo Sportcity em Massanassa (Valência).

Realizou-se no sábado, dia 13, e no domingo, dia 14, o Campeonato Espanhol de Padel Inclusivo FEDDI, organizado pela Federação Espanhola de Desporto para Pessoas com Deficiência Intelectual (FEDDI), em colaboração com a Federação de Padel da Comunidade Valenciana. Com um total de 161 atletas de 22 clubes desportivos e 11 comunidades autónomas diferentes, o campeonato foi um grande sucesso tendo superado os números e o impacto da edição de 2023.

No sábado de manhã, durante o campeonato, a Federação de Padel da Comunidade Valenciana mostrou aos parceiros como conceber e implementar um evento desta natureza para que possam fazer o mesmo nos seus respectivos países.

No sábado à tarde, teve lugar a reunião dos parceiros, na qual se analisou e avaliou tudo o que foi desenvolvido até ao momento no âmbito do projeto, tendo-se começado a trabalhar no relatório final que será, posteriormente, enviado para a Comissão Europeia.

Óscar Ruiz López, Diretor de Formação e Padel Adaptado da FPCV: “o objetivo do projeto passava pela transferência  de conhecimentos da FPCV, sobre como introduzir o padel às pessoas com deficiência intelectual e como organizar um campeonato de padel inclusivo para pessoas com deficiência intelectual”.

Lea Lozancic, gestora de projeto da Croácia – Instituto Europeu de Desenvolvimento Desportivo, Cinesiologia e Saúde (EISDKH): “no âmbito do projeto PAD4YOUTH aprendemos elementos técnicos e tácticos, como formar treinadores e crianças e, agora, em Valência, estamos a aprender a organizar eventos de padel”.

Roberto Rinaldi, Diretor da UISP: “Ficámos impressionados com este torneio, com a sua organização e com o número de pessoas com deficiência que participaram. Esta experiência foi muito útil para implementarmos no nosso país. Através deste projeto, aprendemos muitas coisas, tanto do ponto de vista técnico como organizacional, que estamos atualmente a aplicar no nosso território com os jovens”.

Diogo Silva, Diretor de Padel do GCP, Portugal, salientou que “através deste evento pude presenciar a grande dimensão do padel para pessoas com deficiência em Espanha. O projeto dá-nos a possibilidade de dar aulas de padel a pessoas com deficiência no nosso Clube. Gostamos de os ver com um grande sorriso e a desfrutar deste desporto”.

Finalmente, para Fernando Soria Hernández, Secretário-Geral e Gestor de Projectos da España se Mueve (EsM), “este evento desportivo está muito bem organizado e é muito útil para os membros aprenderem a organizar um torneio de padel para pessoas com deficiência. O projeto PAD4YOUTH, proporcionou aos membros conhecimentos e experiência sobre os aspectos técnicos do jogo e a metodologia criada pela FPCV para ensinar padel com sucesso a pessoas com deficiência. A EsM tem o prazer de participar neste tipo de projectos que estão totalmente alinhados com os seus objectivos.

O PROJECTO

Depois de ter concebido e implementado com sucesso um novo modelo de formação adaptada para crianças e jovens com deficiência intelectual no padel, a FPCV quer alargar o seu âmbito e colaborar com os parceiros europeus GCP, UISP, EISDKH e EsM para desenvolver um modelo mais transversal destinado aos treinadores de padel no domínio do desporto adaptado.

Trata-se de um projeto pioneiro, uma vez que é a primeira federação a lançar uma iniciativa desta natureza.

O objetivo do PAD4Youth é conceber um novo conjunto de ferramentas e de formação aplicáveis a vários grupos de crianças e jovens, utilizando equipamentos inovadores como a sua raquete de padel leve.

Os principais objetivos do projeto são:

– Criação de  um conjunto de ferramentas e recursos para a iniciação do padel para crianças e jovens a nível da UE.

– Proporcionar oportunidades de formação e de empregabilidade aos treinadores, melhorando as suas competências no ensino do padel adaptado a crianças e jovens com deficiências intelectuais.

– Promoção de um intercâmbio de boas práticas entre os países parceiros do projeto no que diz respeito ao padel, bem como à gestão de projectos continentais.

– Incluir abordagens essenciais à formação baseadas na inclusão do género e da deficiência intelectual, no bem-estar mental, na socialização, na digitalização e na sustentabilidade.

– Aumentar a sustentabilidade e o impacto do projeto junto de outras partes interessadas ou organizações através da disseminação, de modo a que possam utilizar este pacote de recursos como base para a adaptação do padel ou de outros desportos de raquete.

Os seus parceiros são:

Federación de Pádel de la Comunidad Valenciana: Fundada em 2007, é uma entidade privada, sem fins lucrativos, com personalidade jurídica própria e capacidade de ação, cujo principal objetivo é a promoção, tutela, organização e controlo do padel e das suas especialidades, no seu âmbito territorial.

Ginásio Clube Português: Fundado em 1875, é considerado o clube mais eclético do país. Desde há muito que é considerado uma entidade de interesse público, devido ao seu conceito antigo de clube com fins desportivos, sociais e culturais. Tem uma longa tradição na ginástica, na esgrima e no judo, mas foi também pioneiro noutros desportos.

UISP Comitato di CirièSettimoChivasso APS (Itália): A União Italiana de Desporto para Todos é a agência para a promoção do desporto no norte de Turim. Tem por objetivo alargar o direito ao desporto a todos os cidadãos e conta com 16 000 membros e 130 clubes desportivos filiados.

Instituto Europeu de Desenvolvimento Desportivo, Cinesiologia e Saúde (Croácia): É uma associação desportiva criada em conformidade com a Lei do Desporto croata com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento e a promoção do desporto no território croata, organizando eventos desportivos e actividades físicas para melhorar a saúde das crianças e dos jovens, bem como actividades desportivas e recreativas para cidadãos e pessoas com deficiência.

Espanha em Movimento: O Instituto Spain Moves é uma associação sem fins lucrativos criada em 2014 com o objetivo de promover e organizar actividades relacionadas com hábitos de vida saudáveis entre todos os segmentos da população, com especial ênfase na promoção da igualdade de oportunidades e também na inclusão social de grupos vulneráveis. Além disso, um dos seus pontos fortes é a criação de campanhas de divulgação relacionadas com a atividade física.

Consulte o nosso

Mapa de aulas de grupo